SEARCH:

INSIGHTER.ORG

Inovação / SEO / SEM / Analytics

Espaço para a discussão de temas ligados à Projetos de Internet: da concepção de Idéias e Conceitos Inovadores ao Marketing e seus desdobramentos. Marketing Online, SEM, Web Analytics, Comportamento da Audiência, SEO, Gerenciamento de Projetos, Design, Usabilidade, Inovação e muito mais.

Como medir a fidelidade de seus clientes?

Autor: Luis Fernando Mizutani

O volume atual de informações que recebemos hoje é imenso. Nas redes sociais como Facebook e Twitter recebemos diariamente milhões de links e recomendações de produtos, serviços, lugares, websites, conteúdos, estabelecimentos etc.

Quantas vêzes não vemos alguma coisa sendo compartilhada, mas não temos interesse em abrir o link e pesquisar mais a fundo, por falta de tempo e muitas vezes por preferir perguntar para alguém que confiamos.

Quantas vezes não preferimos confiar nas dicas de um amigo que numa conversa, entende o que estamos procurando e nos conta sobre algum serviço, website, ou loja onde podemos encontrar exatamente o que queremos. Em alguns casos procuramos blogs sobre o assunto que queremos e lá encontramos dicas legais.

Sem falar em quando algum amigo nosso, nos conta sobre algum lugar fantástico que visitou e nos convence de que temos de ir lá. Sim, a recomendação boca-a-boca, ainda é a forma mais efetiva e poderosa de se criar reputação. Talvez até possa ser o mesmo link compartilhado por alguem na nossa rede social, mas que por alguma razão não demos bola. Apesar disto, quando alguma pessoa próxima que confiamos nos descreve sua experiência positiva e faz uma espécia de “propaganda” nossa curiosidade fica muito mais aguçada.

  • “Mas como saber ou medir se seus clientes falam da sua empresa, ou estão satisfeitos com seus serviços/produtos a ponto de se tornarem verdadeiros advogados da sua marca?”
  • “E como isso pode ser uma métrica poderosa para apoiar o crescimento do seu negócio?”

(more…)

Tags: , ,

25.Jun.12 Inovação, Marketing, Marketing Online Comments (0)

Global Design: Desafio de projetos distribuídos – parte III

Autor: Luis Fernando Mizutani

Pessoal, demorou mais saiu. conforme tinha prometido, este post detalha os resultados finais do primeiro projeto distribuído desenvolvido em conjunto com equipes na China e Austrália.

Bom, para quem quiser recapitular o context, sugiro que leiam o primeiro e segundo post desta série. Este terceiro post basicamente irá relatar os resultados finais e algumas conclusões do trabalho desenvolvido de forma distribuída e sem comunicação real-time.

Ao final da estapa de protótipo e teste (ver video ao final do post). A nossa embalagem foi enviada pela equipe de Glasgow para Autrália, e simultaneamente a equipe da Australia enviou sua embalagem para China, e so Chineses nos enviaram a sua embalagem. Isto foi feito para submeter nossa embalagem a diferentes condições de transporte, manuseio e trajeto.

Ao final, nossa embalagem resistiu à todas as entregas e o copo de vinho no interioir das embalagens chegou intacto. O deseign desenvolvido pela nossa equipe priorizou a proteção do conteúdo e a fabricação da embalagem com apenas uma parte dobrável. (ver vídeo abaixo). Outros grupos priorizam estética, mas tiveram seus copos danificados durante o transporte ao passo que outros se tornaram inviáveis para produção em escala devido a complexidade para montagem e excessivo número de partes.


(more…)

Tags: , ,

22.Jun.12 Design & Usabilidade, Inovação, Projetos Comments (0)

A inovação e o medo da quebra de paradigma

Autor: Giresse Contini

Depois de muito tempo, e dessa vez, o muito é realmente MUITO, ou mais precisamente 1 ano e 4 meses, volto a fazer um post no Insighter. Não que eu não tenha vontade de escrever ou não exista assunto para isso, o problema é que depois de muito tempo num “chove e não molha” danado na faculdade, estou prestes a me formar no curso de Ciências Econômicas da UFRGS. Pois é… quem me conhece diz que só acredita vendo, mas já há até data para a formatura, dia 03 de agosto de 2012. Sim, antes do fim do mundo! hehehe

Mas vamos lá, o assunto do post de hoje não é nem Web Analytics e nem SEO. Acometido pela febre do TCC, tenho lido muito sobre inovação, suas ondas e força nos ciclos econômicos vistos até hoje.

Pois bem, lendo Business Cycles de Joseph Alois Schumpeter, escrito nada mais nada menos do que em 1939, me deparei com um trecho ao qual me fez refletir muito e logo me veio uma matéria que li em janeiro de 2012. É realmente fascinante como algo escrito a tanto tempo ainda faça tanto sentido nos dias de hoje.

Segue abaixo o trecho mencionado:
“No início do boom os custos se elevam nas empresas antigas; mais tarde suas receitas são reduzidas, primeiramente nas empresas com as quais concorrem a inovação, mas, depois, em todas as empresas antigas, na medida em que a demanda dos consumidores se altera em favor da inovação. À parte a possibilidade de lucros – secundariamente – com a inovação, o seu funcionamento com prejuízo só é impedido pelo amortecedor da quase-renda, que é efetivo apenas temporariamente. E esse funcionamento com prejuízo não leva imediatamente ao colapso apenas porque firmas antigas são em sua maioria bem estabelecidas e aparecem como especialmente merecedoras de crédito”.

Quantas empresas já se depararam com uma inovação tão disruptiva no seu segmento e tiveram que tomar uma decisão de caminho a se tomar daquele momento em diante? Mas sabemos que a quebra de um paradigma nem sempre é algo tão fácil, principalmente quando uma empresa foi tão bem sucedida com aquele antigo modelo. Não preciso pensar mais do que alguns poucos minutos para ter em minha cabeça, uma série de exemplos de grandes empresas que passaram por esse momento e tiveram que decidir entre o aquilo que estava dando certo até o momento e o futuro.

Cito abaixo alguns exemplos:
Sony e a mudança do Walkman/Discman para os tocadores de músicas digitais (os famosos MP3 Players)
Nokia e a recente mudança dos celulares convencionais para os modelos smartphones
Kodak e a mudança das câmeras fotográficas antigas pelas digitais (e com elas os antigos “filmes fotográficos”)

(more…)

Tags: , , ,

26.Mar.12 Inovação Comments (0)

Global Design: Desafio de Projetos Distribuidos – parte II

Autor: Luis Fernando Mizutani

Agora já passamos da terceira semana de projeto e já foi possível identificar alguns incidentes relacionados ao trabalho em times distribuídos.

O trabalho da semana concentrou-se muito em coordenação e teve uma maior carga de trabalho por parte da equipe localizada em Glasgow. Dado que neste projeto não é permitido comunicação real-time entre as equipes, nesta primeira semana nos focamos em criar mecanismos e processos para aumentar a eficácia da comunicação remota. O que definimos na primeira semana:

1. Introdução Individual de cada membro da equipe: através de perfil criado individualmente trazendo dados profissionais e pessoais. Encorajamos cada individuo a criar sua apresentação sem qualquer formato padrão, para que desta forma a indentidade de cada um pudesse de alguma forma estar refletida na sua apresentação.

2. Introdução da Equipe: Focamos um descritivo das competêcias centrais da equipe e possiveis pontos deficientes. Buscamos reforçar áreas que a equipe poderia contribuir mais e em qual áreas iria solicitar maior apoio. Buscamos manter a consistência ressaltando o vínculo das competências com as fases/atividades do projeto.

3. Repositório de documentos: foi criado um repositório central de arquivos de comum acesso a todos os integrantes dos times distribuidos nas 3 localidades (Australia, Escócia e China). (more…)

24.Oct.11 Design & Usabilidade, Inovação, Projetos Comments (0)

Global Design: Desafio de Projetos Distribuidos – parte I

Autor: Luis Fernando Mizutani

Este é o primeiro post da série “Global Design” que irá abordar o desafio de Design de Novos Produtos em equipes distribuídas em diferentes partes do Globo. Esta série vai relatar duas experiências práticas com dois modelos distintos de projetos distribuídos. Ao final iremos comparar as duas experiências e elaborar uma análise baseada nos resultados de ambos os projetos.

Os projetos são parte de um dos módulos do curso de “Global Innovation Management” e foca a prática e teoria aplicada ao gerenciamento de projetos de design, de forma colaborativa e distribuída . Este módulo  compreende:

  •  2 projetos de curta duração (cerca 5 semanas) e;
  •  um trabalho final descrevendo ambas as experiências, comparando-as e fazendo uma análise crítica acerca dos problemas encontrados, ferramentas usadas e o que foi encontrado na teoria e literatura.

Nesta série de posts vou relatar de forma bem informal estas duas experiências e resultados mais relevantes obtidos ao final dos projetos. (more…)

Tags: ,

03.Oct.11 Design & Usabilidade, Inovação, Projetos Comment (1)

Projeto Erasmus Mundus: dicas para obter uma bolsa de estudos no exterior

Autor: Luis Fernando Mizutani

Pessoal, existem inúmeras bolsas de estudo no exterior e uma delas é o programa Erasmus Mundus. Vou dividir com vocês um pouco do que fiz para obter uma bolsa de Pós-Graduação no programa de Pós-gradução em “Global Innovation Management“.

A principal dica é acreditar que é possível e pesquisar, mas como ponto departida seguem algumas dicas bem práticas:

1. O site do Eramus tem várias bolsas em diversas áreas. Todo ano divulgam uma lista com diversos programas de pós-graduação (mestrado e Doutorado) que em geral são coordenados por consórcios de universidades. Veja a lista aqui

2. Pesquise todas as áreas que julgar interessante e tenha sempre em mente 2 coisas:

  • Área de estudos
  • Requisitos que o programa pede (deve-se focar nos programas onda há maiores chances de satisfazer os requisitos) (more…)

08.Aug.11 Inovação Comments (3)

Global Innovation Programme 2011

Autor: Luis Fernando Mizutani

Recentemente tive a boa notícia que havia sido selecionado uma bolsa de Pós-Graduação na Europa em “Gestão de Inovação em Nível Global“. Fiquei muito orgulhoso de ser o único selecionado na América do Sul e de poder representar o Brasil neste programa que contará este ano com outros profissionais de diversos países como Alemanha, China, Espanha, Índia, Indonésia, Itália, México, Rússia, Taiwan, Turquia, Sérvia, Ucrânia e outros.

A bolsa foi obtida através do programa Erasmus Mundus em uma seleção promovida anualmente para pessoas do mundo todo. No post “Projeto Eramus Mundus” irei detalhar a minha preparação e planejamento para a obtenção da bolsa de estudos que cobrirá o custo do curso de pós-graduação e meus custos de vida. Mas agora irei falar sobre o programa:

(more…)

Tags: , , ,

27.Jul.11 Inovação, Projetos Comments (4)

Existe fórmula para Inovação?

Autor: Luis Mizutani

após um longo tempo sem postar nada trago um assunto que acredito ser bastante atual e interessante. Inovação é algo que está na “moda” hoje em dia. Empresas tem investido forte para criar núcleos de inovação, processos para inovar, canais de comunicação interna. Em grande parte estes esforços trazem melhorias, mas na sua maioria nada muito fora do comum ou realmente “inovador”. Porque isto ocorre?

A resposta é bem difícil, mas eu acredito que inovação não é algo que se possa prever. É mais um resultado natural que surge espontaneamente quando algumas condições específicas ocorrem do que um processo que possa ser desenhado e implementado. O que as empresas podem fazer é tentar criar ambientes onde haja maiores probabilidades destas certas condições ocorrerem. Mas que condições são estas? Díficil dizer, depende muito do ambiente, contexto, e grupo de pesssoas. Aliás, acredito que é muito mais uma questão de cultura do que de organização ou processos.

Bom….após toda esta introdução trago aqui um pouco do que estou vivendo atualmente em uma nova fase na minha vida profissional.

Recentemente fui contratado por uma empresa chamada ThoughtWorks (TW) e um dos principais motivos de eu ter saído do meu emprego anterior, foi a possibilidade que identifiquei de fazer parte de um modelo completamente diferente de empresa que acredito ser bastante inovadora.

Dito isto, vou compartilhar um pouco do que observei aqui com vocês.

Quem é e o que faz a …

?

A ThoughtWorks é uma empresa de origem americana que trabalha no desenvolvimento de software para outras empresas.

Atualmente ela está espalhada em 8 países do mundo (Alemanha, Austrália, Brasil, Canadá, China, EUA, Índia e Inglaterra) e conta com cerca de 1300 profissionais de diversas nacionalidades.

Apesar de existirem muitas empresas que desenvolvem software, acredito que a ThoughtWorks (TW) pode ser considerada uma das empresas mais inovadoras neste segmento. Este foi um dos principais motivos que me atrairam para trabalhar na TW.

Mas o que faz a TW uma empresa inovadora? (more…)

Tags: , ,

03.Dec.10 Agile, Inovação Comments (7)

Pós-Evento: AgileDay 2010

Autor:  Luís Mizutani

O evento AgileDay promovido pela comunidade de desenvolvimento ágil e patrocinado pela ThoughtWorks, Bluesoft e Stefanini. Foram abordados assuntos relacionados a qualidade de entrega de software e abordagens alternativas no gerenciamento de projetos. Muito interessante é notar que várias das técnicas de gestão de processos, adotadas e consagradas na indústria tradicional, estão sendo adaptadas e empregadas na indústria de software com muito êxito. (more…)

Tags: ,

25.Nov.10 Eventos, Inovação, Projetos Comments (3)

Google Wave: um exemplo de inovação

Autor: Maurício Bastos

Google Wave

No dia de hoje o Google anunciou oficialmente que irá descontinuar o serviço Google Wave, que gerou polêmica na web ao suscitar a questão de que ele poderia ser o responsável por “matar” o email. Confesso que assisti ao lançamento dele no Google I/O e fiquei bastante entusiasmado.

Não demorou muito para eu criar waves de projetos na empresa onde eu trabalhava e participar de várias outras. O que se via era uma aplicação com uma interface complexa, cheia de bugs e incapaz de lidar com escalonamento (waves com muitos usuários chegavam a travar).

Hoje o Google Wave caiu e já vejo dezenas de pessoas no Twitter fazendo piadas e dizendo que o projeto foi um grande vexame.  Será mesmo? Que lições podemos tirar disso?

(more…)

Tags: , ,

04.Aug.10 Inovação Comments (2)

BlogBlogs.Com.Br O Diretório